Qual seria um BOM começo SEXUAL?

Qual seria um BOM começo SEXUAL?

BOM COMEÇO SEXUAL

Todos os casais firmam seus contratos e são diferentes, uns dos outros. Portanto, não existe um código universal, uma Bíblia que defina o certo e o errado, o bom e o ruim. Mas no meio de todas as diferenças, é possível estabelecer pontos que podem servir, em medidas variáveis, para a maioria dos casais.

Quando se trata de novos amores, parece que a gente precisa ainda mais dessas regrinhas para ajudar a definir como agir. Não existe algo formalizado, porém as pessoas acabam se comportando de uma forma mais pensada, menos natural, pois estão muito preocupadas com a avaliação e sua aceitação pelo outro. As mulheres querem seduzir e ser seduzidas e, muitas vezes, acabam se atrapalhando.

As mulheres sentem uma necessidade de se mostrar seguras, plenas, decididas, cheias de si, e acabam não se permitindo mostrar indecisões que são próprias do ser humano. Quando fazem isso, dão aos homens a abertura para se mostrarem também muito seguros e confiantes, até donos da verdade, mesmo quando isso não é totalmente real. Assim, cada um desempenha um papel que não é como gostaria de se sentir na relação e, ao final da noite, estão tão cansados que acabam não se vendo nunca mais.

Mas é importante lembrar que os contratos de cada casal prevalecem sobre todas as “regras” e obviedades. O problema é que, na maioria das vezes, esse contrato é implícito e velado. É muito comum, por exemplo, um homem que sofre de ejaculação precoce ficar casado com uma mulher anorgasmica! Para ela é ótimo que ele seja rápido, assim acaba logo com a relação. Portanto, a etiqueta sexual pode ser semelhante à usada em um restaurante. Depende do tipo de comida, do lugar, da grife, do parceiro e, claro, da intenção!O importante é deixar a porta do diálogo aberta.

Assista o vídeo acima e veja o que os homens acham que seria um bom começo sexual.